admin, Author at Blog Nicephotos
Nicephotos
 

Posts de admin

Afinal, vale a pena investir um fotolivro de casamento?



As fotografias são os registros mais importantes do casamento, pois são elas que eternizam cada detalhe desse dia tão especial. Por esse motivo, é importante reuni-las com elegância e qualidade. Para isso, já existe uma alternativa para os tradicionais álbuns: o fotolivro de casamento, com estilos únicos e atemporais, para agradar até aos noivos mais exigentes.

Depois de tanto organizar e investir na realização da cerimônia, não queremos que os registros fiquem guardados e raramente sejam vistos. Ao serem impressas e guardadas em um fotolivro especial, as fotos ficam protegidas e é muito mais prático mostrá-las para todos.

Pensando nisso, preparamos este artigo explicando como o fotolivro pode ser uma ótima opção para o seu álbum de casamento. Boa leitura!

O que é um fotolivro de casamento?

O fotolivro de casamento é um tipo de álbum de fotos diferente do tradicional. Nele, as fotos não são coladas ou encaixadas, mas sim impressas diretamente nas páginas. É possível escolher o posicionamento das imagens, o fundo e, se desejar, acrescentar adesivos e escrever as próprias legendas.

Com diferentes modelos, tamanhos e a possibilidade de unir momentos e recordações de forma criativa, eles são uma excelente opção para quem deseja um álbum de casamento personalizado. Além do mais, a confecção do fotolivro é fácil, simples e pode ser feita em casa.

Quais são as vantagens do fotolivro Nicephotos?

Os fotolivros ajudam a contar a história do dia do casamento com imagens, desde os preparativos até a festa — com opções que permitem a impressão de mais de 1.000 fotos.

Além da qualidade, o Nicephotos oferece produtos com os melhores preços. Confira, a seguir, outras vantagens do nosso fotolivro de casamento.

Mais segurança

As fotos digitais surgiram para inovar e tornar mais descomplicado o ato de fotografar. Se antes o problema era a queima do filme e a quantidade limitada de fotos, a tecnologia trouxe também novos inconvenientes, como a falta de espaço de armazenamento ou a possibilidade de perder os arquivos.

Guardar as fotos em um cartão de memória ou em um pen drive pode ser arriscado, pois esses dispositivos podem parar de funcionar e colocar todas as suas imagens em risco. Além disso, manter as fotos armazenadas no computador também pode significar um problema, em caso de vírus ou queima do disco rígido. Por esses motivos, é mais seguro guardar suas recordações impressas.

Diagramação personalizada

Ao montar um fotolivro é possível selecionar as melhores fotos e organizá-las em uma diagramação mais atrativa, valorizando ainda mais as imagens e despertando novas emoções com as legendas.

A montagem é muito simples. Você escolhe o formato, o tema e sobe as imagens do seu computador ou das suas redes sociais. O próprio sistema informa a quantidade de fotos selecionadas e, caso o limite tenha sido ultrapassado, é possível adicionar mais páginas.

O próximo passo é escolher a quantidade de fotos por página e usar o layout pré-definido. Se você levar jeito para a montagem, pode definir o posicionamento das imagens, cortar e adicionar molduras e sombras. Por fim, é possível acrescentar textos, adesivos e legendas nas fotos.

Alta durabilidade

Quando investimos em um álbum, nós queremos que as memórias do casamento sejam guardadas por diversas gerações. A boa qualidade dos fotolivros permite que eles tenham uma durabilidade prolongada. Cuidados ao manusear e embalagens especiais também ajudam a protegê-los por mais tempo.

Isso significa que seus filhos, netos e, quem sabe, bisnetos poderão se emocionar com as imagens da cerimônia e se divertir com as fotos da festa. Independentemente da tecnologia que teremos no futuro, o fotolivro continuará intacto, preservando suas lembranças.

Qualidade profissional

O Módulo de Montagem Profissional do Nicephotos permite que você use diversas ferramentas para dar acabamento às suas fotos e deixar o seu fotolivro ainda mais profissional. Confira:

• é possível alterar as fotos ajustando a opacidade e incluindo filtros;

• é possível adicionar bordas e mudar o formato das imagens;

• é possível alinhar os diferentes objetos do álbum, como legendas, imagens e caixas de textos.

Durante a impressão são usados papéis diferenciados e nobres, com gramatura correta, capa dura e acabamento perfeito — tornando seu fotolivro muito mais bonito e diferenciado. Além disso, a qualidade das câmeras digitais está cada vez maior e você não precisa se preocupar com a qualidade das fotos selecionadas.

Quais são os modelos existentes?

O Nicephotos oferece três modelos de fotolivros. Conheça melhor cada um deles.

Tradicional

O fotolivro tradicional é uma opção mais simples e econômica. Confira suas características:

• as fotos são impressas em papel couché de alta qualidade e gramatura 170g;

• possui, no mínimo, 23 páginas, com a possibilidade de acrescentar páginas extras e chegar ao total de 69 páginas;

• são mais de 150 temas exclusivos para escolher. Dessa forma, é possível deixar o fotolivro ainda mais personalizado e especial;

• apresenta páginas flexíveis e capa dura.

Slim 180º

Esse modelo é ideal para quem procura sofisticação e leveza em um fotolivro. Contam com ótimo custo-benefício e é uma excelente opção para ser dado como recordação para os padrinhos ou para os pais dos noivos. Confira outras vantagens:

• são impressos em papel couché com laminação e brilho;

• as páginas podem ter espessura média (500g/m²) ou grande (800g/m²) — o que garante melhor acabamento e maior durabilidade;

• a capa pode ter brilho ou ser fosca;

• aceita até 100 páginas e mais de 400 fotos;

• oferece mais de 30 temas para você escolher;

• possui abertura panorâmica que dá mais destaque às fotos.

Premium

O fotolivro de casamento Premium é ideal para eternizar seus momentos mais especiais de forma profissional, sofisticada e com acabamento refinado. Confira suas particularidades:

• as imagens são impressas em papel fotográfico Fujifilm com acabamento fosco;

• pode ter até 100 páginas e mais de 1.000 fotos;

• possui a opção de capa brilho ou fosca;

• apresenta páginas rígidas;

• oferece mais de 30 temas exclusivos;

• possui abertura de 180° com páginas duplas.

Apesar da alta qualidade e das demais vantagens, o valor do fotolivro de casamento é completamente acessível. Além disso, montar o seu próprio álbum é gratificante e o resultado sairá como o esperado. Para isso, é importante escolher uma empresa especializada e que assegure a qualidade desse material.

Se você gostou do nosso post e quer encomendar o seu fotolivro, confira nossas opções!

5 dicas de presentes interessantes para o dia das mães



Maio é o mês que buscamos presentes para o dia das mães, a fim de surpreender, agradar, tirar sorrisos e expressar todo o nosso amor a essa mulher tão especial. Evite deixar para comprar o presente na última hora — você pode acabar sem tempo ou sem ideia.

O dia das mães foi oficializado como um feriado no segundo domingo do mês de maio por Getúlio Vargas, em 1932. A data surgiu nos Estados Unidos, quando uma mulher chamada Anna Reeves Jarvis perdeu sua mãe, em 1905, e começou a organizar o “Dia das Mães”, em homenagem a todas as progenitoras.

A intenção era que o dia fosse reservado para que os filhos visitassem suas mães e passassem o dia com elas, agradecendo pelo zelo e empenho que elas tiveram em sua criação.

Hoje, além de passar um tempo com as nossas mães, temos o costume de presenteá-las. Para não errar, conheça o estilo da sua mãe — clássica, moderna ou atlética? — e procure por opções personalizadas.

Pensando em comemorar a data, preparamos algumas dicas de presentes originais e únicos para agradar da melhor forma essa pessoa tão especial. Confira!

1. Álbum de fotografia

Se a sua mãe é apaixonada por fotos e gosta de eternizar os bons momentos, este, com certeza, é um ótimo presente! E o melhor: você pode customizar ou fazer seu próprio álbum para deixá-lo ainda mais individual.

Uma boa ideia é organizar uma cronologia de fotos, caso você ainda tenha imagens antigas. Comece com as fotografias da sua mãe durante a gravidez, passe para as da sua infância e adolescência, até chegar nos dias de hoje. Aproveite a oportunidade para revelar muitas fotos — de viagens, encontros em família ou passeios que vocês já fizeram juntos.

Você não precisa preencher todo o álbum com fotografias. Corte algumas folhas de cartolina no tamanho 10x15cm (tamanho padrão das fotos) e escreva mensagens carinhosas. Espalhe esses cartões pelo álbum — por exemplo, a cada 5 fotos você coloca uma mensagem. Além de um ótimo presente, sua mãe poderá recordar boas memórias!

2. Fotoprodutos diversos

Fotoprodutos são objetos estampados pelo processo de sublimação — que transfere e grava a imagem do papel para o produto —, completamente temáticos e personalizados. Existem diversos itens que você pode transformar em um lindo fotoproduto para presentear sua mãe!

Os fotoprodutos têm preço acessível e você pode produzi-los em laboratórios fotográficos digitais. Basta entrar em contato com uma empresa digital que ofereça o serviço de revelação de fotos, escolher uma imagem de boa qualidade e que seja bem significativa para sua mãe e definir o tema. É possível, também, incluir uma mensagem. Confira algumas opções:

camisetas: estampe todo o seu amor em uma camiseta versátil e bonita! Sua mãe vai amar desfilar por aí com a foto da família impressa no peito;

caneca: com certeza sua mãe vai adorar ter uma caneca especial com a foto de vocês para tomar um bom café ou chá;

agenda: uma agenda exclusiva é uma ótima opção para evitar que sua mãe perca os compromissos do dia a dia.

3. Acessórios

Acessórios são ótimos presentes para o dia das mães, pois garantem mais estilo e conforto para a presenteada. Para não errar, procure peças que sejam úteis e combinem com o estilo dela — vale apostar em colares, pulseiras, brincos ou kits com os três.

Busque descobrir o que ela está precisando, como bolsas, roupas, relógios ou malas para viagem. Se a sua mãe gosta de maquiagem, aposte em pincéis, espelhos, sombras ou, até mesmo, um bom protetor solar para o rosto.

Descansos para os pés, almofadas ergonômicas e luminárias podem garantir mais bem-estar e comodidade para as mamães que têm um dia a dia corrido e gostam de relaxar em casa.

4. Itens de decoração

Se a sua mãe é apaixonada por decoração, invista em artigos de ornamentação! Se você leva jeito para trabalhos manuais, pode criar seu próprio item de decoração personalizado, como fotos em potinhos de vidro — que podem ser considerados uma forma de substituir os porta-retratos convencionais.

Confira outras ideias interessantes:

foto tela: moderna e elegante, a foto tela é um produto semelhante a uma pintura. A impressão é feita em alta qualidade e você pode escolher o acabamento;

foto quadro: perfeito para dar um toque especial na decoração, os foto quadros têm diversos tamanhos, cores e acabamentos. É possível escolher a cor da moldura e acrescentar margens ao redor da imagem;

• terrário: mudando um pouco de estilo, os terrários são minijardins onde podemos cultivar diferentes espécies de plantinhas, como as suculentas. Você pode decorar o vasinho ou usar vidros de aquário pequenos.

5. Livros

Se a sua mãe adora ler, opte por um bom livro! Escolha uma opção de acordo com o gosto pessoal dela. Os gêneros são variados: aventura, suspense, romance, crônicas, biografia ou até mesmo um livro de receitas, se ela gostar de cozinhar. Porém, se você quiser inovar no presente e surpreender, pode criar um fotolivro!

O fotolivro é uma maneira original de guardar as boas lembranças e contar uma história pessoal. Você pode montá-lo em diferentes tamanhos, com capas coloridas e páginas customizadas. É possível determinar o posicionamento das imagens do jeito que você quiser, colocar fotos como fundo de página, adicionar molduras, cortar, editar e aplicar sombras.

Além disso, existe a possibilidade de acrescentar legendas com uma breve descrição da foto ou do momento. Também é possível colocar adesivos em suas fotografias — criando uma espécie de diálogo — e o que mais sua criatividade permitir!

Inspire-se com nossas dicas de presentes para o dia das mães. Aproveite a data para homenagear e dizer o quanto sua mãe é importante para você. Aproveite para se mostrar presente e dividir alegrias e momentos especiais com quem sempre dedicou a vida para te fazer feliz. Presenteie e faça com que ela se sinta ainda mais prestigiada.

Se você gostou do nosso post, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas promoções e novidades! Estamos no Facebook, LinkedIn e Twitter!

Descubra como fazer um scrapbook



Quem curte artesanato, fotografia e gosta de reviver bons momentos, corre sério risco de achar scrapbooking o maior barato. Claro que, antes de tudo, é preciso saber o que é e como fazer um scrapbook. Se você ainda não ouviu falar a respeito, não se preocupe: este post vai explicar tudo sobre o assunto.

Afinal, você pode estar perdendo um ótimo passatempo. E, talvez, uma oportunidade.

Depois que a tecnologia digital revolucionou o mercado fotográfico, o velho hábito de organizar lembranças em cadernos de recortes voltou, virou mania nos Estados Unidos e chegou ao Brasil no início dos anos 2000, movimentando um mercado lucrativo que continua vivo até hoje.

Além disso, a internet ajudou a popularizar a prática, ampliando o conhecimento sobre técnicas e materiais e estabelecendo uma comunidade de adeptos do scrapbooking.

Mas, antes de contar toda essa história, é preciso começar como se deve: pelo começo. Assim…

O que é scrapbooking?

Sem mais delongas, informamos que a palavra scrapbook significa “álbum de recortes”. Portanto, scrapbooking ilustra a ação de se confeccionar um scrapbook e se refere a uma prática muito antiga: aquela de juntar recortes e objetos em um diário ou álbum de lembranças.

O provável tataravô do scrapbook moderno surgiu na Inglaterra, lá pelo século XV, segundo os historiadores. E nada mais era que um livro abarrotado de cartas, selos e outros papéis. Dizem, também, que Thomas Jefferson, terceiro presidente norte-americano, era um fã de carteirinha.

Mas falávamos que a fotografia digital deu um impulso importante à retomada desse hobby. De fato, os empresários do setor perceberam que era uma boa forma de convencer as pessoas a voltarem a revelar suas fotos, reaquecendo um segmento que sofria com os novos hábitos do consumidor.

Assim, por volta de 2004, começaram a surgir no Brasil as primeiras empresas especializadas em materiais de scrapbooking, de olho num mercado que movimentava quase US$ 30 bilhões por ano nos Estados Unidos.

Com a internet, o passatempo ganhou um canal importante de divulgação. O resultado? Fazer scrapbooks virou um hábito de muita gente, uma terapia e a melhor maneira de guardar as mais significativas lembranças.

Então, scrapbook é um álbum de fotos?

Sim, mas não precisa, necessariamente, ser um álbum de fotos. Pode ser um diário, um livro de recortes sobre algum tema de interesse do criador, uma compilação de poemas, uma coleção de papéis de cartas, de tíquetes de shows e eventos, lembranças de viagens — ou seja, de recordações diversas.

Porém, é inegável que organizar fotografias é a melhor “desculpa” para se fazer um scrapbook. Seja um álbum de casamento, de fotos do bebê ou de uma viagem de férias.

O ato de reunir uma série de imagens queridas em um caderno, organizando, emoldurando e acrescentando objetos decorativos e itens relativos ao evento (convites de casamento, ingressos de museus e atrações visitadas, pequenos artigos do bebê etc.) é o que faz do scrapbooking um passatempo tão especial.

Trata-se de uma maneira bacana de rever imagens que, de outro modo, talvez ficassem esquecidas em alguma caixa de sapatos, revivendo boas lembranças e renovando o seu acervo fotográfico.

E o que eu preciso para fazer um scrapbook?

A primeira coisa que se deve ter é disposição para colar, recortar, selecionar e enfeitar. Se possuir um certo talento para o artesanato, melhor ainda. Porém, a simples vontade de gastar algumas horas remexendo gavetas, organizando materiais e rememorando fatos já deve servir como ponto de partida.

O segundo passo é definir um tema. Ainda que, olhando de fora, um scrapbook pareça uma bela bagunça, essa bagunça precisa ser organizada. Então, é importante que você defina se o seu álbum vai ser sobre uma viagem, se vai ser um diário, uma coleção de recortes ou o que mais você quiser.

A partir daí, fica mais fácil escolher os materiais que serão usados na confecção do scrapbook — os enfeites, colagens e outros artigos que caracterizam a prática do scrapbooking. Falando nisso, logo após escolher o tema, é hora de ir às compras.

Nesse momento, entra em cena um aspecto decisivo do scrapbooking: ele pode se tornar um passatempo bastante salgado. A razão disso é que há uma grande variedade de materiais e ferramentas à disposição. Muitos dos quais são importados.

É claro que, quando se trata de trabalho artesanal, a criatividade é o ativo mais importante. Ou seja, dá para improvisar muito, inventar soluções e realizar um trabalho bonito e bastante divertido sem ficar na dureza.

De qualquer forma, é necessário conhecer alguns apetrechos usados em scrapbooking (especialmente os indispensáveis):

Álbum

Não existe scrapbook sem o tal “book”, certo? Mas, até aqui, tudo bem: um caderno do tipo espiral está ótimo e você encontra em qualquer papelaria. Não precisa ter um design especial, pode ser com folhas brancas pautadas mesmo, pois a ideia é revestir cada página com folhas decorativas, fotos e figuras.

Vale dizer que algumas pessoas preferem confeccionar o próprio caderno. Isso também está valendo, mas vai de cada um. O importante é, caso você faça um álbum de fotos, escolher um caderno que tenha tamanho suficiente para abrigar as fotos e o que mais você quiser colar em volta.

Papéis

Papel para scrapbooking é o que não falta. Tem de vários tipos, motivos e texturas e dá para comprar em papelarias ou em sites especializados.

É possível, também, usar tecidos e outras fibras, mas é importante que o material que revestirá as páginas do livro seja livre de ácido (acid-free), a fim de evitar o amarelamento das fotografias com o tempo.

Colas

Existem colas especiais para scrapbooking que não enrugam as páginas, mas é possível usar outros tipos de cola (desde que acid-free). Também entram na brincadeira fitas durex, dupla face e as do tipo “banana” especiais para artesanato.

Tesouras e estiletes

Um bom estilete e uma tesoura de cortar papel já resolvem o problema da iniciante. Mas, na medida em que você for pegando o gosto, certamente vai querer melhorar o instrumental.

Nesse caso, temos tesouras com cortes especiais para artesanato, cortadores com lâmina circular para recortes mais elaborados e uma pá de outras coisas. O céu é o limite.

Como artigos adicionais, é recomendável ter furadores de papel, uma base de corte sobre a qual você possa passar o estilete sem riscar a mesa, canetas caligráficas para lettering, carimbos etc.

Por fim, arranje uma boa quantidade de enfeites, como laços, figuras, fitas, rendas e botões. E agora que já sabe como fazer um scrapbook, o resto é com você: reserve umas boas horas de folga, espalhe todos os seus materiais e fotos em uma mesa, selecione a playlist favorita e mãos à obra! Se precisar de inspiração, não hesite em pesquisar na internet dicas e vídeos tutoriais. Existe informação de monte no Youtube.

Gostou do post? Então, entre em contato conosco e conheça as melhores soluções para deixar as suas recordações ainda mais incríveis!

Você sabe como fazer o seu próprio ensaio pré-wedding?



Casamento marcado e a cabeça está a mil: existem vários preparativos que não receberam a devida atenção, coisas para decidir e simplesmente parece que não vai dar tempo de resolver tudo. E, no meio desse sufoco, alguém ainda sugere um ensaio pré-wedding.

Mas, calma! Respire um pouco, pois a ideia não é tão fora do comum. Antes de mais nada, é importante saber do que estamos falando. Pré-wedding nada mais é do que um ensaio de noivos, uma sessão fotográfica (temática ou não) feita um pouco antes do casamento.

O interessante é que o ensaio pré-wedding (pré-casamento, se preferir) pode proporcionar justamente aquele momento de respiro que os noivos estavam precisando.

Além disso, uma sessão dessas rende fotos muito bacanas. Com elas, dá para fazer um lindo álbum fotográfico extra, ilustrar os convites de casamento ou mesmo usar como decoração no dia da festa.

Por isso, não descarte a ideia assim de primeira. Ao contrário, vale a pena encarar essa novidade. E para ajudar, seguem abaixo algumas dicas para fazer o seu próprio ensaio pré-wedding. Acompanhe!

1. Escolha um local marcante para o casal

Normalmente, a locação onde serão feitas as fotos é escolhida em conjunto com o fotógrafo. Porém, é importante ter em mente que, quanto mais significativo o lugar for para o casal, melhor o resultado será.

Imagine um cenário que tenha um sentido romântico para ambos, um lugar que os dois curtem frequentar ou que foi palco de uma viagem marcante. Tem tudo para deixar o clima mais leve e proporcionar imagens repletas de sorrisos e trocas de carinho.

Nada impede, por outro lado, que se escolha um lugar inusitado. Cenários praianos são os preferidos dos casais, mas é possível fazer bons ensaios no campo — numa fazenda, por exemplo — em parques e até no meio da cidade. Vai da disposição dos noivos e da criatividade do fotógrafo.

2. Opte por um figurino adequado ao tipo de ensaio

Não é preciso criar nenhuma superprodução para posar para um ensaio pré-wedding. Em geral, um figurino casual resolve muito bem a questão, especialmente se o profissional atrás da câmera tiver boas ideias e o cenário for favorável.

No entanto, esteja certa de que se você quiser incrementar um pouco mais as coisas terá um resultado ainda mais interessante.

Por exemplo, se as fotos forem feitas numa praia durante um final de tarde ensolarado, usar trajes brancos e de feitio leve e uma tiara de flores na cabeça renderá cliques muito românticos. Tenha em mente que a ideia é caminhar descalça na areia, então não teria muito sentido usar salto nem vestido longo de festa.

Se o local for mais urbano, a coisa muda de figura. Imaginemos que o cenário é um bar frequentado pelo casal. Nesse caso, um figurino mais requintado vai produzir fotos mais glamourosas, sofisticadas.

Vale também destacar que é possível pensar num ensaio temático, com itens que tenham a ver com o casal. Os noivos curtem motos? Gostam de pedalar? São fãs de cinema ou séries? De rock’n’roll? Nada melhor do que usar alguns itens alusivos a esses hobbies ou mesmo um figurino inspirado neles. A diversão é garantida.

Um tipo de ensaio pré (ou pós) wedding muito popular é o chamado trash the dress, no qual a noiva posa com o vestido do casamento em cenários naturais, muitas vezes molhando ou sujando o traje.

Não é algo que todo mundo tope fazer (principalmente antes da cerimônia), mas é possível fazer um “trash” com outro figurino, aproveitando para cair na água, rolar na areia e realizar fotos de grande impacto artístico.

3. Busque naturalidade na hora das poses

*Foto Koro Studio

Aqui a gente entra em um terreno delicado — afinal, não é todo mundo que tem desenvoltura diante da câmera, não é mesmo? Sem contar que muitos homens ficam de mau humor diante da perspectiva de posar para algumas fotos.

Mas não tem muito segredo. Dependendo do tato do fotógrafo, até pode surgir um nervosismo inicial, mas isso passa rapidinho e a sessão flui às mil maravilhas.

De qualquer maneira, a dica é: evite fazer caras e bocas. Quanto mais espontâneos vocês forem, melhor. Eventualmente, o profissional pode sugerir alguma ação, mas em geral com a ideia de compor uma cena divertida. Nesses casos, é só entrar no clima que tudo fluirá muito bem.

Na verdade, o objetivo do ensaio pré-wedding não deixa de ser o de quebrar um pouco o gelo. Então, aproveitem e divirtam-se. Quando revisitarem as imagens, tempos depois, vocês poderão reviver o clima de romance e alegria que a sessão proporcionou.

4. Selecione as fotos que serão eternizadas

Passado o ensaio, vem a parte da escolha das imagens e confecção do álbum. Como não faz sentido fazer uma série de imagens artísticas e deixá-las largadas em um CD ou HD — ao sabor de eventuais vírus — a etapa da elaboração do álbum e das impressões que farão parte da decoração do grande dia tem que ser encarada com muita seriedade.

É importante que o álbum ou fotolivro tenha um acabamento adequado e seja confeccionado com materiais duráveis. Nada pior do que ver as páginas soltando após a quarta ou quinta folheada ou amarelando com o tempo.

Além disso, as impressões que serão usadas na decoração do casamento (ou posteriormente, para decoração da casa nova) devem valorizar o trabalho do fotógrafo, com fidelidade de cores e boa definição de imagem. Sem contar as fotos para usar nas lembranças que serão dadas aos convidados ou como presentes especiais aos padrinhos e familiares.

A eleição das imagens que irão compor os materiais é um pouco torturante, já que você pode ter muitas fotos fantásticas para escolher. É preciso um pouco de sangue-frio para não cair na tentação e gastar demais, mas, na dúvida, veja as opções do seu pacote. No mais, é confiar no critério do seu fotógrafo, cujo olhar é mais bem treinado para editar o material.

Vale ressaltar que o ensaio pré-wedding é uma experiência que deve ser encarada com empolgação, pois permite ao casal viver alguns momentos de descontração e romantismo antes de partirem para a próxima etapa da vida a dois. Portanto, permita-se!

E já que falamos sobre casamento, segue uma sugestão: que tal ler este post sobre a decoração da festa? Aposto que você vai amar essas dicas!

Você já sabe como tirar selfies perfeitas? Confira!



Você já abriu algum perfil nas redes sociais e encontrou selfies surpreendentes? Provavelmente você se perguntou como aquelas fotos foram produzidas, não é mesmo? E, possivelmente, imaginou que o dono das fotos utilizou algum equipamento ou iluminação profissional.

No entanto, existem algumas técnicas que contribuem para tirar selfies perfeitas. Utilizando seu celular, você conseguirá produzir imagens capazes de surpreender todas as pessoas que te acompanham nas redes sociais.

Seja para registrar algum momento, seja apenas para revelar um pouco mais sobre você, é imprescindível fazer fotos incríveis para que a recordação seja sempre boa. Por isso, explicamos como tirar selfies perfeitas, ajudando você a encantar e surpreender seus amigos. Acompanhe!

Pense na iluminação

O recomendável é sempre tirar fotos na luz natural, preferencialmente pela manhã ou no final do dia. Deixe o sol iluminar seu rosto, opte por uma luz lateral, de modo a evitar que seu rosto saia distorcido ou com uma cor chapada.

Além disso, a iluminação do sol permite que você tire uma foto mais natural. E ainda evidencia a cor real da sua pele e não produz interferências artificiais.

Outro ponto importante é a definição da foto. Alguns celulares têm recurso para fotos noturnas, mas elas saem granuladas e sem qualidade, enquanto a foto com luz natural preza pela nitidez da imagem.

Também é conveniente evitar a utilização de flash, já que a câmera está muito próxima do seu rosto. Isso pode deixar sua pele com uma cor estranha, com aparência de oleosidade, sem linhas de expressão e pode destacar algumas imperfeições.

Posicione a câmera corretamente

Sem dúvida, esse detalhe diz muito sobre o resultado da foto, sendo então fundamental pensar no ângulo que você fará a imagem. Para isso, você deve posicionar a câmera de modo que deixe rosto simétrico.

Uma dica é posicioná-la acima de você. Além de valorizar a iluminação, esse ângulo evita que outras partes do corpo saiam distorcidas, como o queixo. Então deixe a câmera posicionada acima da linha dos olhos e incline seu rosto um pouco para baixo.

Se você identificar a necessidade de posicionar a câmera mais distante de você, seja para captar um ângulo mais aberto, seja para mostrar o ambiente, utilize um pau de selfie e, da mesma forma, mantenha o celular posicionado um pouco acima de você.

Outra dica importante é evitar o uso da câmera frontal do seu celular. Normalmente, ela tem uma resolução inferior à câmera traseira, e pode deixar a imagem distorcida e fosca.

Deixe a vergonha de lado

Esqueça a sua timidez por alguns minutos e explore o carão! Faça vários testes de diferentes olhares e expressões. Tente algumas selfies com a fisionomia mais séria, e abuse do seu sorriso em outras.

Dessa maneira, você descobrirá seu melhor ângulo e ficará mais confortável ao tirar selfies com outras pessoas. Se você não gostar do resultado, basta excluir as imagens no seu celular e continuar testando.

Se ainda assim você continuar com um pouco de vergonha para tirar as selfies, você pode tentar fazê-las utilizando óculos escuros. Certamente você se sentirá mais confiante.

Experimente novos espaços

Você pode testar todos os ambientes da sua casa. Aproveite a luz que entra em cada janela, em cada cômodo, e posicione sua câmera, de modo a testar qual iluminação valoriza mais o seu rosto.

Além disso, o ambiente externo também deve ser muito bem aproveitado para construir selfies perfeitas. Aproveite alguma viagem com os amigos ou família, uma festa ou apenas um passeio no parque ou na praça, e faça novas fotos.

Quando fizer fotos externas, ao visitar algum lugar interessante, procure posicionar a angulação da câmera de modo que valorize seu rosto e também exponha um pouco do espaço onde você está.

No entanto, tenha cuidado com os espaços que serão explorados nas fotos externas. Não vale a pena se arriscar e entrar em um local inseguro para registrar uma selfie, já que isso pode trazer grandes problemas.

Faça a edição da foto

Existem diversos aplicativos gratuitos de edição de imagem que permitem que você faça um balanceamento do brilho, contraste e saturação da sua foto, possibilitando a correção de alguns problemas de cor ou simplesmente valorizar mais a imagem.

Se você tiver dificuldades para fazer esse balanceamento de cor, você pode utilizar os filtros prontos que esses aplicativos disponibilizam. Normalmente eles têm um perfil deixando a foto transparecer uma tonalidade retrô, moderna, entre outras.

Ainda que os filtros sejam capazes de corrigir algumas pequenas imperfeições e valorizar as cores, é necessário ter cuidado e não abusar dos recursos desses aplicativos, já que isso pode deixar a foto carregada a destacar pontos indesejados.

Aproveite o momento

Uma das coisas que mais valoriza a foto é a naturalidade da sua expressão. Por isso, aproveite ao máximo o momento em você está vivendo e utilize a câmera para registrar aquele instante de alegria. As fotos espontâneas podem revelar sorrisos e olhares sinceros, conquistando então várias curtidas e comentários, já que esses fatores são os mais admirados pelas outras pessoas.

Procure se reunir com os amigos, familiares ou com a pessoa amada. Uma selfie não é, necessariamente, uma foto que você tira sozinho. A companhia de uma pessoa que você tem afinidade pode deixar o momento mais leve e descontraído.

Essa companhia também pode ajudar você a vencer a timidez nas fotos. Chame alguém para passear, ligue a câmera e divirtam-se. Façam caretas e deem boas risadas, gerem imagens despretensiosas e, depois, veja o resultado.

Ao fim dos cliques, é hora de preparar a legenda. Você pode criar uma frase que represente o momento, pensar em um trecho de alguma música ou livro que você goste muito.

Agora que você já sabe como tirar selfies perfeitas, é só colocar tudo em prática e, principalmente, aprender a se divertir com isso. Deixe a vergonha de lado e compartilhe sua foto com seus amigos.

O que você achou das nossas dicas? Sempre construímos conteúdos como este, capazes que ajudar você a trabalhar com imagens de forma simples e surpreendente. Acompanhe nosso FacebookTwitter e LinkedIn e fique por dentro de tudo!

Mundo Nicephotos

Fotografias e o mundo de possibilidades de registrar os melhores momentos de nossas vidas!

Arquivo

Nicephotos no facebook